Onde está o seu coração ?

Onde está o seu coração ?

“Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração.”
(Mateus 6:21)

  Este pequeno versículo do Evangelho de Mateus fala por si só. Eu não ousaria acrescentar sequer um único comentário se não fosse esta mensagem com a qual Deus vem queimando o meu coração há meses. Por este motivo, decidi pesquisar melhor sobre esta passagem das Escrituras. Este trecho é um dos muitos ensinamentos que Jesus vinha dando a seus discípulos no Sermão do Monte, das bem - aventuranças. É interessante notar que há um grau de diferença com o qual se enfatizam os tesouros celestes em contraste com os terrenos no Novo Testamento em comparação com o Antigo, isto é, a vinda de Jesus nos traz uma dimensão muito maior do nosso lado espiritual, é como se o céu através dEle tocasse a terra. E isto faz toda a diferença. Se na época do Velho Testamento já era esperada uma maior busca pelas coisas que são do alto, muito mais agora, depois da vinda de Cristo! 

  Embora a Bíblia não condene o trabalho terreno e, portanto, não sendo pecado se esforçar, crescer, enriquecer nesta terra, acumular riquezas é um hábito cheio de perigos espirituais, por mais materiais que sejam estas riquezas. Porque se o verdadeiro tesouro de uma pessoa, seu derradeiro propósito em todos os seus esforços, é algo que pertence a esta terra, então seu coração, o próprio centro de sua vida será completamente absorvido por este objetivo mundano. Por outro lado, se alguém movido de sincera e humilde gratidão a Deus faz do reino de Deus o seu tesouro, ou seja, o reconhecimento deleitoso da soberania de Deus em sua própria vida e em cada esfera da mesma, então é ali onde estará o seu coração. Nós cristãos neotestamentários que somos, conhecedores da Verdade após o nascimento de Jesus, devemos clamar, implorar a Deus sabedoria para em toda e qualquer situação centralizar Jesus como nosso maior tesouro, para que o nosso coração esteja firme na Rocha, que é Cristo, a fim de que as muitas ou poucas águas não possam nos abalar. Que Ele seja a nossa única riqueza!


Com carinho,
Viviany Viguier.